Dicas para Evitar o Desperdício de Alimentos - Menu Criativo

13/08/2018

Dicas para Evitar o Desperdício de Alimentos

Todo mundo já sabe que desperdício de alimento é dinheiro no lixo e mais: É uma oportunidade de alimentar alguém sendo jogada no lixo.
Eis um enorme contrassenso: enquanto se joga fora por ano 1,3 bilhão de toneladas de comida, 800 milhões de pessoas passam fome. No Brasil, enquanto 14 milhões de cidadãos não têm o que comer, o equivalente a 22 bilhões de calorias vão parar na lixeira – quantia que resolveria a situação de pelo menos 11 milhões desses brasileiros. - Revista Saúde


As porções que vão para o lixo pesam no bolso e cobram uma conta ainda mais cara do meio ambiente.

Planeje-se: Pense no cardápio da semana e faça uma lista de compras – evite ir além dela para não gerar acúmulos.  (Veja Como Planejar suas Refeições da Semana)

Foque: No mercado, pegue primeiro alimentos não perecíveis e deixe para o final os que pedem refrigeração.

Compre pouco: E reponha, se precisar. Essa é a melhor tática para que frutas e verduras não estraguem. As compras na feira são complicadas porque muitas vezes não podemos levar meio alface para casa. Então vale a pena dividir o momento com os amigos. Além de evitar o desperdício, você consegue economizar.

Aprenda: Diferencie um alimento com defeitinhos dos estragados. Verifique aroma e consistência.

Organize-se: Na despensa e geladeira, deixe na frente os itens que já começou a consumir ou com validade próxima do limite. Para trás, ficam os que possuem mais tempo de validade ou ainda estão fechados. (Veja 5 Dicas de Como Organizar sua Despensa)

Congele: Se perceber que não vai usar frutas e legumes a tempo, leve-os ao freezer e utilize quando puder. Se cozinhar a mais, congele o que restou ou já pense em receitas que pode fazer no dia seguinte com os mesmos alimentos.

Recupere: Folhas murchas podem voltar a um bom estado com uma imersão em água com gelo.

Teste: Vegetais mais maduros ou não tão bonitos podem virar geleia, sopa, compota, molho.

É só lembrar da casa das nossas avós! Lá o arroz que sobrava no almoço virava bolinho no jantar. As frutas muito maduras se tornavam geleia, suco ou enriqueciam o bolo. Que tal botar essa receita em prática?

Adaptado de: Revista Saúde

Nenhum comentário:

LinkWithin

Licença Creative Commons
Menu Criativo de Ana Paula Castelli está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional

Menu Criativo® é uma marca registrada por Ana Paula Castelli sob nº processo 906768420 no INPI.