Menu Criativo

18/12/2018

Alimentação Saudável: Guia para Escolher e Armazenar Frutas
18.12.180 Comentários
As frutas são alimentos que trazem saúde e disposição, sendo de extrema importância para o bom funcionamento do corpo. São fontes de nutrientes essenciais ao organismo, por isso devem ser consumidas diariamente.


“A proteção que o consumo de frutas ou de legumes e verduras confere contra doenças do coração e certos tipos de câncer não se repete com intervenções de medicamentos ou suplementos que contêm os nutrientes individuais presentes”, ressalta Helissa de Oliveira, analista técnica da Coordenação Geral de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde.

Como escolher e armazenar frutas


Abacate

Prefira abacates mais ­firmes, mas não aperte a fruta para testar sua qualidade, pois poderá dani­ficá-la. O abacate maduro deve ser conservado na geladeira, e dura de 4 a 7 dias. Após cortado, deve ser consumido rapidamente.

Abacaxi

O melhor abacaxi exala aroma doce e possui estrutura sólida e fi­rme, com uma coroa de folhas fortes e brilhantes. Se a coroa for mais compacta e pequena em relação ao tamanho do fruto, indica que está bem desenvolvido. Se quer um abacaxi maduro, puxe as folhas e verifique se soltam com facilidade. Após ser descascado, fatiado ou cortado em cubos, mantenha na geladeira em recipiente fechado por 3 dias. Pode ser congelado.

Acerola

Deve estar madura, avermelhada, fi­rme e sem machucados. A acerola é uma fruta altamente perecível. Por isso, após lavar e secar cada fruta, o ideal é mantê-la no congelador. Assim pode ser conservada por até 12 meses.

Banana

Manchas marrons indicam que estão macias. Inteiramente escuras, estão maduras demais para comer, mas podem servir para o preparo de bolos, tortas e doces. A dica para as bananas verdes é deixar que amadureçam em temperatura ambiente e mantê-las em lugar fresco. Não leve à geladeira ou ao congelador.

Goiaba

Escolha as goiabas com tamanho uniforme, que estejam maduras e fi­rmes, sem sinais de machucados. Conserve na geladeira por 2 a 4 dias.

Jabuticaba

Dê preferência às jabuticabas graúdas, sem rachaduras ou picadas de insetos. Guarde em saco plástico na gaveta inferior da geladeira. Conserve por 2 a 3 dias.

Laranja

Prefira laranjas com casca brilhante, lisa e polida. A fruta deve parecer pesada para seu tamanho e ter aroma agradável. Evite laranjas secas, mofadas ou com marcas marrons. Conserve na geladeira por 2 semanas e use antes que a casca murche. Pode ser congelada em pedaços e fatias descascadas.

Maçã

Escolha maçãs sem machucados, com casca firme e sem rugas. Podem ser guardadas em sacos plásticos na geladeira por várias semanas.

Mamão

Opte pelo mamão pesado, de casca lisa e sem nenhum furo ou rachadura. Guarde-o levemente verde em temperatura ambiente, até amolecer e ­ficar amarelo. Se maduro, armazene na geladeira num saco de papel fechado.

Manga

A cor não é indicação de maturação. Escolha mangas que cedam um pouco quando pressionadas delicadamente e que tenham um aroma perfumado próximo à haste. Evite as frutas murchas, machucadas ou manchadas. Se estiver verde, deixe amadurecer em local aquecido ou num saco de papel. Depois de madura, armazene na geladeira, mas consuma assim que possível, ou congele em fatias ou em calda. Também podem ser amassadas como purê e congeladas.

Maracujá

Escolha os de casca brilhante, lisa, ­firme, sem rachaduras ou manchas. Na geladeira, o maracujá maduro se conserva por 2 semanas. Quando verde, deve ser guardado em lugar seco e fresco até amadurecer.

Melancia

A melancia deve ser fi­rme, com cores uniformes e pesada. Deve ressoar quando se bate levemente nela. O lado em que a fruta fi­cou apoiada no chão deve ser amarelado, não branco ou verde. Inteiras, podem ser armazenadas em local fresco por 2 semanas. Fatiada, envolva em filme plástico transparente e leve à geladeira por 2 dias.

Melão

Aperte a extremidade oposta ao talo. Se o melão estiver maduro, deve ceder prontamente. Melhor que seja pesado e exale aroma agradável pela casca. Se estiver muito aromático, pode estar maduro demais. A casca deve ser grossa e sem manchas. Se precisar amadurecer mais, mantenha-o em temperatura ambiente. Melões maduros devem ficar em local fresco e arejado, mas podem ser mantidos na geladeira, em ­filme plástico transparente, por 1 semana. Congele-os após cortados em bolas ou cubos ou em calda.

Mexerica/Tangerina

Devem ser pesadas, firmes e perfumadas. Melhor as de casca lisa e sem defeitos, marcas e pontos moles. A coloração esverdeada não significa necessariamente que a fruta está verde. Todas as frutas cítricas amadurecem na árvore e não continuam a amadurecer depois de colhidas. Mantenha por alguns dias em temperatura ambiente ou armazene durante 2 semanas, descobertas, na geladeira. Suco ou gomos podem ser congelados.

Uva

As uvas brancas devem ter tom de âmbar (marrom bem claro); as frutas verdes de brilho uniforme são ácidas. As variedades pretas não devem mostrar nenhum sinal de verde. Evite uvas murchas e com manchas marrons. As uvas machucam facilmente, por isso armazene os cachos com cuidado sobre várias camadas de papel toalha ou num saco de papel na geladeira por 5 dias. Podem ser congeladas em calda.

Fonte: Ministério da Saúde
Leia Mais

17/12/2018

Dicas de Alimentação para o Verão
17.12.180 Comentários
Os dias de calor mexem com o corpo: a dilatação das artérias aumenta, a perda de líquidos é mais intensa e a digestão fica mais lenta. Não é à toa que a sensação de cansaço parece chegar mais rápido durante o verão. Para evitar problemas e manter a saúde em dia, fazer alguns ajustes na alimentação é muito importante. Além de apostar sempre na hidratação e em refeições leves, os cuidados com refrigeração e conservação de alimentos devem ser redobrados. 


Saiba o que comer e o que evitar

As temperaturas altas do verão costumam gerar dilatação das artérias. Em consequência, há sensações de cansaço, fadiga e queda na pressão arterial. A digestão também é afetada, processando mais lentamente os alimentos.
O calor atrapalha a digestão. Por isso, é importante optar por pratos mais leves, comer menos carnes vermelhas, dando preferência a peixe e frango. Além disso, a ingestão de frutas e verduras, importante ao longo de todo ano, é ainda mais recomendada.

Em relação às frutas e verduras, é importante a ingestão das variedades com alto índice de betacaroteno, como laranja, abóbora, mamão, manga e cenoura. O componente atua na produção de melanina, protegendo a pele de manchas de sol e até ajudando no bronzeado.
O betacaroteno está geralmente mais presente em frutas e legumes de cor alaranjada, mas também em vegetais verde-escuros, como couve e brócolis, embora em menor quantidade. Alimentos com vitamina C também são importantes, pois a vitamina atua com o betacaroteno na produção da melanina.

O verão é uma boa época para investir em peixes e frutos do mar. Se não tiver como evitar aquele churrasco, é bom também consumir saladas e acompanhamentos mais leves, como legumes cozidos ou uma salada de batatas sem maionese. Isso diminui a ingestão da carne.

Tenha cuidado redobrado com a conservação dos alimentos

É recomendável pensar na alimentação antes de longos passeios na praia ou em parques. Água, sanduíches leves e frutas são bons aliados para não apelar para salgadinhos e frituras oferecidos em quiosques. Mas é preciso tomar cuidado com a conservação:

Para evitar contaminações, é melhor transportar o alimento por no máximo três horas em lancheira de neoprene. Já em coolers com gelo, por até oito horas.
O cuidado com a procedência e a refrigeração de alimentos deve ser redobrado nestes dias escaldantes.
Geralmente, o número de infecções intestinais aumenta no verão, principalmente por conta do preparo e da conservação dos alimentos. A orientação é sempre dar prioridade a alimentos frescos e ter cuidado na manipulação e na refrigeração.

É preciso evitar pratos que contenham ovos crus. Se usar o ingrediente, deixe o mínimo tempo possível fora da refrigeração. Peixes e carnes cruas também devem ser evitados ou consumidos apenas em locais de procedência confiável.

Hidrate-se mais (e da forma certa) 

Água é recomendação básica para o ano todo, mas o cuidado com a hidratação deve ser redobrado no verão. A perda maior de líquido pela transpiração tem de ser compensada – e, para isso, não há nada melhor do que água pura.
Refrigerantes e sucos industrializados são ricos em sódio e aditivos químicos. O corpo tenta eliminar estes compostos, aumentando a desidratação. Alimentos processados também têm altos índices de sódio e devem ser evitados.

É preciso ter cuidado com água de coco e isotônicos:
A água deve estar em primeiro lugar, mas a água de coco é uma boa segunda opção. Nesse caso, o ideal é tomar o coco in natura, já que há poucas marcas no mercado sem açúcar. Outra opção são os isotônicos, mas somente aqueles que não contenham corantes e açúcar, raros no mercado.

Bebidas alcoólicas também não são indicadas, mas existe uma recomendação para quem não quiser abrir mão da caipirinha ou da cerveja:
Para quem for tomar vinho ou caipirinha, é recomendável intercalar cada dose com um copo d’água. Se optar pela cerveja, pode tomar meio copo d’água a cada copo da bebida. Isso aumenta a hidratação e reduz a ingestão de álcool.

O importante é aproveitar o verão com saúde!

Adaptado de https://goo.gl/L3frxM
Leia Mais

14/12/2018

Menu Criativo de Drinks: Receitas Fáceis à Elaboradas
14.12.180 Comentários
Se tem uma coisa que não pode faltar em reuniões entre amigos ou em uma festa, além das comidinhas, são as bebidas. Além da tradicional cervejinha, os drinks são sempre uma boa pedida em momentos de descontração! 


Para inspirar você na arte dos coquetéis, confira a seguir 5 receitas diferentes de drinks – de fáceis a elaboradas, para todos os gostos. Desde a simples receita de caipiroska até o sabor marcante do whisky sour, veja os ingredientes, modo de preparo e dicas valiosas para o máximo sabor! 

Caipiroska - Fácil

Este drink é derivado de uma das bebidas mais populares no Brasil: a caipirinha. O que muda apenas é o destilado utilizado, em vez da tradicional cachaça, é a vodka a protagonista da caipiroska. 
Além de simples, a receita de caipiroska é rapidinha de fazer, e os ingredientes são:

2 colheres de açúcar
2 unidades de limão
Gelo à gosto
40 ml de vodka 

E para seu preparo basta macerar os limões com o açúcar, depois acrescentar os demais ingredientes na coqueteleira e misturar bem. Como essa bebida é versátil, você ainda pode substituir o limão pela fruta de sua preferência e adaptar a receita de caipiroska conforme o seu gosto: morango, lichia, maracujá, kiwi, frutas vermelhas e abacaxi são boas combinações. Seguindo essa receita, você prepara um copo de caipiroska com teor alcóolico aproximado de 11.8%. 

E aqui vai uma super dica: se você optar pelo limão, lembre-se de tirar a parte central branca da fruta, para evitar que a sua receita de caipiroska fique amarga!

Sex on the beach - Fácil

Se você gostou da receita de caipiroska, tem grandes chances de se apaixonar pelo clássico e delicioso Sex on the Beach. Além de gostoso, esse coquetel também é muito atrativo visualmente por ser uma bebida bifásica - e, mesmo não parecendo, seu preparo é bem fácil.

Você vai precisar de:

40ml de Smirnoff
15ml de Peach Schnapps (licor de pêssego)
40ml de suco de cranberry (oxicoco)
40ml de suco de laranja 

Encha um copo alto com gelo e adicione todos os ingredientes. Em seguida, misture tudo com uma colher e enfeite o copo com uma fatia de laranja! O teor alcóolico aproximado dessa receita, que rende uma taça, é de 13,83%. E a dica para conseguir um efeito colorido é colocar cada bebida devagar – você pode usar uma colher para despejar o líquido no copo.

Piña colada - Médio

Agora que passamos pelos drinks mais fáceis, que tal ousarmos um pouco mais na arte do coquetel? E, para isso, nada melhor do que um dos drinks mais tropicais que um menu pode ter: a piña colada! Muito popular no verão, esse drink é refrescante, docinho e não muito demorado para fazer:

40 ml de rum branco
150 ml de suco de abacaxi
50 ml de leite de coco
2 colheres de sopa de leite condensado
Gelo à gosto 

Coloque na coqueteleira uma dose de rum (ou vodka se preferir), a mesma medida de leite de coco, o suco de abacaxi, uma colher de leite condensado e o gelo. Misture bem e sirva! Essa receita rende um copo, com teor alcóolico aproximado de 12,64%. 

Você pode decorar o copo com uma fatia de abacaxi cortada ao meio para conferir mais charme e elegância ao drink, ou ainda usar a casca da fruta como recipiente. Só tenha o cuidado de cortar os espinhos da superfície da fruta para não machucar a mão de seus convidados!


Mojito de tequila - Elaborado

Normalmente o mojito é conhecido por seu preparo com rum, porém para fugir do óbvio e dar um toque de criatividade na receita, vamos usar tequila! Para preparar esse drink você vai precisar de: 

40 ml de tequila
3 gomos de limão tahiti
50 ml de água gaseificada
60 ml de refrigerante de limão
3 colheres de chá de açúcar
folhas de hortelã à gosto 

Amasse as folhas de hortelã para extrair seu aroma, juntamente com os gomos de limão e o açúcar já dentro da coqueteleira. Para isso o ideal é um socador, mas se não tiver um em casa, pode utilizar as costas de uma colher longa. E a mesma dica da receita de caipiroska vale aqui também: retire a parte branca do limão para evitar o amargor! 

Em seguida, adicione a tequila e encha ⅔ da coqueteleira com gelo e agite até gelar. Coloque gelo triturado em um copo e despeje a mistura, utilizando um coador ou uma peneira. Preencha o copo com a água e o refrigerante e decore-o com ramos de hortelã e rodelas de limão. Essa receita rende até 2 copos, cada um com teor alcóolico aproximado de 6,32%. 


Whisky sour - Elaborado

Um drink elegante e sofisticado, o whisky sour costuma agradar o paladar dos amantes desse destilado, sendo uma bebida com gosto marcante e grande presença. Para prepará-lo é necessário:

40 ml de whisky
25 ml de suco de limão
20 ml de xarope de açúcar
1 clara de ovo 

Coloque todos os ingredientes a começar pelo whisky em uma coqueteleira previamente refrigerada e agite bem até resfriar. Sirva em um copo de preferência baixo com a borda embebida em suco de limão e açúcar. Com teor alcóolico aproximado de 12,64%, essa receita rende até um copo. 

Se você ou algum amigo for vegano, uma alternativa é substituir a clara de ovo pela aquafaba, que é o líquido resultado da fervura do grão de bico. Para isso, basta cozinhar o grão de bico e utilizar a água do cozimento em vez da clara de ovo – 30 ml corresponde a 1 clara de ovo. 


Agora que você já conhece várias receitas de drinks gostosos e refrescantes, é só chamar os amigos e garantir uma noite agradável com deliciosos coquetéis preparadas por você. Compartilhe a sua receita e colabore com esse menu criativo!
Leia Mais

10/12/2018

5 Dicas para o Ano Novo
10.12.180 Comentários
2019 vem chegando, com mais 365 dias para você aproveitar, se renovar e ser feliz. E que tal começarmos com uma vibe otimista e atitudes positivas? 
Etão olha só essas dicas:

DESAPEGUE!

Encare a limpeza anual do guarda-roupa. Como prega em seus livros a especialista japonesa em organização, Marie Kondo, nesse momento é preciso ser radical. Faça uma pilha com absolutamente tudo o que estiver em cabides e gavetas. Observe a pilha e analise se cada peça ainda faz sentido na sua vida.
Deixe separados dois sacos bem grandes: um com as peças que serão doadas para instituições e outro com aquelas que merecem um bazar entre amigos. O que sobrar, volta para o armário em clima de recomeço.

INVISTA EM UM JARDIM CASEIRO

Nunca se usou e abusou tanto de plantas dentro de casa. Escolha um lugar especial da sala de estar ou da varanda e experimente criar um jardim de vasos.
O segredo do sucesso da composição é escolher um determinado estilo de recipiente para as plantas e variar nas alturas. Você pode criar um jardim de cactos ou de folhagens tropicais, por exemplo.
As pequenas suculentas estão sendo muito usadas na decoração. Como elas não precisam ser regadas diariamente, são mais fáceis de cuidar

ENCONTRE NOVOS SENTIDOS PARA AS COISAS ANTIGAS

Uma escrivaninha velha, encostada num canto, pode acomodar plantas, objetos queridos e receber os visitantes na entrada. Para uma peça ganhar função nova em casa, você só precisa abrir os olhos para o inesperado.

CRIE UM MINI SPA

O banheiro é um lugar da casa que merece cuidados especiais. Escolha objetos que lhe tragam sensação de prazer: um vaso com fl ores ou folhagens frescas, uma vela perfumada com um aroma maravilhoso e toalhas novas são bons caminhos para transformar um banheiro comum em uma experiência diária digna de um spa.

APROPRIE-SE DO SEU ESPAÇO

Sabe aquelas coisas que você deseja fazer o ano inteiro e não faz por conta da falta de tempo?
Eleja as cinco principais mudanças para realizar antes do último dia do ano. 
Pintar a parede da cozinha de rosa? Eliminar de uma vez por todas aquela bagunça esquecida na lavanderia? Cada um sabe dos seus desejos. O importante é dar esse primeiro passo ainda este ano e começar o seguinte já no embalo da renovação do astral (e do visual) da sua casa.

Fonte: Revista Nestlè - dez/2016
Leia Mais

06/12/2018

E-book de Natal
6.12.180 Comentários

Época de Natal é quase sempre uma loucura para quem recebe hóspedes ou convidados para a ceia. Mas não precisa ser assim. A ceia e almoço de natal pode ser uma festa sem estresse e cheia de comidas deliciosas!

Por isso eu decidi fazer o E-book Feliz Natal, com dicas de organização, decoração e 3 cardápios completos que podem ser mesclados entre si. (tem até drinks!)

Clique na Imagem para Saber Mais

receitas natal

Clique na Imagem para Saber Mais

Aí você vai me dizer: Ah, mas tem que pagar... 
Aqui no blog tem muitas receitas e dicas de decoração que você pode se inspirar e fazer uma festa linda! Mas no e-book as receitas são exclusivas, algumas bem clássicas e outras que podem se tornar queridinhas das suas ceias. 

Comprar o e-book é uma forma de ajudar o blog, desta forma conseguimos manter tudo lindo e gratuito por aqui para vocês. 

Ah, e tem muitos arquivos gratuitos para você baixar na nossa aba Downloads
Espero que gostem, porque vem muito mais por aí!!
Leia Mais

05/12/2018

Sal de Ervas
5.12.180 Comentários
Todo mundo já sabe que o excesso de sal na alimentação faz um mal danado à nossa saúde, certo? Então o que podemos fazer para reduzir o consumo e manter o sabor da nossa refeição? O sal de ervas é uma opção mais saudável e super saborosa para temperar. 
Dá uma olhada:

sal ervas

Sal de ervas

2 colheres de sopa (cheia) de sal;
2 colheres de sopa (cheia) de salsa desidratada; 
2 colheres de sopa (cheia) de alho em pó; 
2 colheres de sopa (cheia) de orégano desidratado; 
2 colheres de sopa (cheia) de manjericão desidratado.

Bata tudo no liquidificador, armazene em recipiente fechado na geladeira.

Dica: Você pode acrescentar também gergelim, cebola desidratada ou outras ervas desidratadas de acordo com as mais utilizadas em sua região.
Leia Mais

04/12/2018

O Que São Alimentos Orgânicos
4.12.180 Comentários
Promover qualidade de vida com proteção ao meio ambiente. Este é o objetivo da produção orgânica vegetal e animal.

A principal característica deste sistema de produção é a não utilização de agrotóxicos, adubos químicos ou substâncias sintéticas que agridam o meio ambiente. Para ser considerado orgânico, o processo produtivo deve contemplar o uso responsável do solo, da água, do ar e dos demais recursos naturais, respeitando relações sociais e culturais. 


O produtor orgânico se dedica muito para poder entregar produtos com grande valor nutricional e livres de contaminação por agrotóxicos, medicamentos veterinários, transgênicos e tudo mais que possa por em risco a saúde das pessoas, dos animais e do meio ambiente.

Ao adquirir produtos orgânicos, o consumidor leva para casa alimentos saudáveis, cultivados em sistemas produtivos livres de agrotóxicos e materiais sintéticos e contribui para o fortalecimento de um novo modelo de produção agropecuária e agroindustrial, em que se leva em conta diversas questões fundamentais à sobrevivência do planeta, como, por exemplo, a manutenção da quantidade e qualidade da água e a manutenção da biodiversidade. A sobrevivência e a qualidade de vida das gerações futuras dependem fundamentalmente de nossas práticas produtivas e de nossos hábitos de consumo. 

O poder do selo verde 

O selo verde que identifica alguns produtos orgânicos tem muito valor. Significa não só que aquele alimento foi cultivado com fertilizantes naturais, sem agrotóxicos nocivos, mas também que a produção respeitou os direitos dos trabalhadores, não empregou menores e não agrediu o planeta. E, igualmente importante, considera seriamente a saúde do consumidor. 

Para se ter uma ideia de quanto o tema é recente, o cultivo e a comercialização dos produtos orgânicos no Brasil só foram regulamentados em 2003, pela Lei 10.831, que demorou mais quatro anos para ser regulamentada pelo Decreto 6.323. O artigo 1º da Lei 10.831 dá uma boa ideia do alcance da agricultura orgânica, ao definir seus objetivos: oferta de produtos saudáveis isentos de contaminantes intencionais, preservação da diversidade biológica dos ecossistemas naturais, incremento da atividade biológica do solo, manutenção da fertilidade da terra no longo prazo, promoção do uso saudável do solo, da água e do ar e redução ao mínimo de todas as formas de contaminação desses elementos – entre várias outras metas. 

O texto da lei é o suficiente para mostrar, com clareza, a importância dos produtos orgânicos para um país e seus habitantes. Trata-se, acima de tudo, da preservação da saúde e da natureza, da não agressão ao organismo e ao meio ambiente. Além disso, em geral o alimento orgânico é mais saboroso do que aquele produzido por métodos convencionais. Pelas leis da economia, a procura é o que estimula a oferta – ou seja, quanto maior o número de pessoas que procuram produtos orgânicos, maior será a disposição de produzi-los, o que com o tempo resulta em preço menor e mais qualidade.

Fonte: Ministério da Saúde
Leia Mais

LinkWithin

Licença Creative Commons
Menu Criativo de Ana Paula Castelli está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional

Menu Criativo® é uma marca registrada por Ana Paula Castelli sob nº processo 906768420 no INPI.