Menu Criativo - Receitas

13/06/2024

Doce de Banana
13.6.240 Comentários
Não tem doce mais caseiro do que doce de banana. Esta receita é muito simples e vamos te ensinar como fazer um doce que lembra aquela receita da vovó!
receita de bananada

Doce de Banana - Bananada Caseira

Ingredientes
12 bananas bem maduras
300 ml de água
300 gramas de açúcar
Cravo-da-índia a gosto
Canela em pó a gosto

Modo de Preparo
Descasque as bananas e pique-as.
Coloque o açúcar, a água, o cravo e a canela em uma panela em fogo alto.
Quando levantar fervura, coloque a banana picada. 
Abaixe o fogo ao mínimo possível.
O cozimento deve ser interrompido no momento em que o doce estiver na cor e consistência desejadas.
Algumas pessoas gostam da bananada mais cremosa, outros, gostam dela bem consistente.
O cozimento do doce, no geral, leva cerca de 2 horas, para essa quantidade.
De vez em quando você deve mexer e retirar o excesso de espuma que a fervura forma.
Isso evitará o efeito puxa-puxa, característico em alguns doces desse tipo.

Se você gostou desse post, por que não compartilha com seus amigos? Isso significaria muito para mim! Certifique-se também de se juntar à nossa comunidade e me seguir no Facebook ou Instagram para atualizações!
Leia Mais

06/06/2024

Pavê com Biscoito Maisena
6.6.240 Comentários
Pavê me lembra muito a minha infância. E naquela época eu era uma criança chata que não comia quase nada... Mal sabia eu que estava perdendo de comer uma delícias como esse pavê:
receita de pave

Pavê de Bolacha Maisena

4 pacotes de biscoito maizena tradicional ou sabor chocolate
2 latas de leite condensado
1 1/2 colher de sopa de maizena
1 lata de creme de leite
1 pacote de coco ralado
Leite (o suficiente para molhar os biscoitos)
1 gema

Modo de Preparo
Coloque o leite condensado em uma panela junto com a maizena e a gema. Leve ao fogo, faça como se fosse um mingau, mas tem que ficar um pouco mais mole, mexa bastante para não ficar com gosto da gema. Reserve até esfriar. 
Coloque o leite numa vasilha e molhe os biscoitos para umedecê-los, não deixe muito tempo no leite para os biscoitos não desmancharem. Forre um recipiente com os biscoitos umedecidos bem juntinhos, depois coloque uma camada do mingau, em seguida coloque outra camada de biscoitos e assim por diante, até encher o recipiente. 
Em outra vasilha misture o creme de leite e o coco, jogue por cima. 
Leve à geladeira por cerca de 4 horas.

Se você gostou desse post, por que não compartilha com seus amigos? Isso significaria muito para mim! Certifique-se também de se juntar à nossa comunidade e me seguir no Facebook ou Instagram para atualizações!
Leia Mais

30/05/2024

Bolo de Capim Limão
30.5.240 Comentários
Esse bolo de capim-limão, também conhecido como capim santo, erva cidreira ou capim cidreira, fica super aromático e combina muito bem com chás.
receita de bolo bolo de capim limão

Bolo de Capim Limão


200g de manteiga amolecida
3 ovos
1 colher de chá de fermento em pó
2 xícaras de farinha de trigo
1 xícara de chá de capim-limão (1/2 litro de água + folhas frescas de capim limão)
2 xícaras de açúcar

Para o glacê
1 xícara de açúcar refinado
1/2 xícara de chá de capim limão

Modo de Preparo

Pré-aqueça o forno a 200ºC.

Como fazer o chá de capim limão para usar na receita:
Coloque 2 xícaras de água para ferver em uma panela tampada, em fogo alto para fazer o chá. 
Quando a água ferver, desligue o fogo, acrescente as folhas frescas (quanto mais folhas você colocar, mais sabor de capim limão o bolo terá) e tampe a panela novamente. Deixe em infusão por 15 a 20 minutos e seu chá estará pronto.

Unte a forma com manteiga e polvilhe com farinha de trigo.
Separe claras e gemas e já coloque-as em tigelas diferentes da batedeira (as gemas na grande e as claras, na pequena). Acrescente manteiga e açúcar às gemas e bata bastante por 5 a 10 minutos até virar um creme esbranquiçado e aumentar de volume.
Em seguida, lave e seque os batedores e coloque as 3 claras para bater em neve.
Enquanto batem em neve, misture a farinha de trigo e o fermento e acrescente-os já misturados ao creme esbranquiçado que preparou na batedeira. Coloque 1 xícara de chá (que já estará pronto) aos poucos e continue mexendo. Quando as claras estiverem prontas, acrescente-as à massa e misture bem, até ficar uniforme.
Coloque a massa na forma untada e leve ao forno pré-aquecido por cerca de 35 minutos. Faça o teste do palito para ver se está bom.
Enquanto o bolo assa, misture 1/2 xícara de chá a 1 xícara de açúcar refinado até o açúcar dissolver e reserve. Está pronto o glacê.
Depois de retirar o bolo do forno, espere 5 minutos e desenforme ainda morno. 
Regue com o glacê e está pronto!

Se você gostou desse post, por que não compartilha com seus amigos? Isso significaria muito para mim! Certifique-se também de se juntar à nossa comunidade e me seguir no Facebook ou Instagram para atualizações!
Leia Mais

23/05/2024

Pão de Leite
23.5.240 Comentários
Fazia tempo que eu estava em busca de uma receita de pão de leite macio e fácil de fazer, essa foi exatamente o que eu estava procurando:
receita de pão de leite

Pão de Leite


1kg de farinha de trigo
2 tabletes de fermento para pão (fermento biológico fresco)
2 xícaras (chá) de leite morno
1/2 xícara (chá) de açúcar
2 colheres de sopa de leite em pó
1/2 xícara (chá) de óleo de milho
1 colher (chá) de sal
1 ovo
1 gema

Modo de Fazer:

Em uma vasilha junte o fermento e o açúcar, 3 colheres de farinha de trigo e 1/2 copo de água morna. Mexa e deixe descansar por 10 min. Essa mistura deve formar uma espuma, como se fosse uma esponja.
Junte à essa esponja: o ovo, a gema, o leite em pó, o sal e o óleo e adicione aos poucos a farinha, e por último o leite morno. Vá adicionando o leite aos poucos até formar a massa lisa. 
Sove bem por no mínimo 10 minutos.
Deixe descansar por aproximadamente 1 hora, até que dobre de tamanho.
Sove novamente e depois modele os pães. Coloque em uma assadeira untada e deixe crescer por quarenta minutos ou até que dobre de tamanho. 
Asse em forno preaquecido a 180°C.

Se você gostou desse post, por que não compartilha com seus amigos? Isso significaria muito para mim! Certifique-se também de se juntar à nossa comunidade e me seguir no Facebook ou Instagram para atualizações!
Leia Mais

16/05/2024

Bolo de Maçã com Canela
16.5.240 Comentários
Quem não ama um bolo feito na hora? Esse ainda deixa um perfume delicioso pela casa!
receita de bolo

Bolo de Maçã com Canela

2 xícaras de farinha de trigo
2 colheres de chá de fermento para bolo
1 colher de chá de sal
2/3 xícara de óleo 
1 xícara de açúcar refinado
2 ovos grandes em temperatura ambiente
1 xícara de leite
1 colher de chá de extrato de baunilha
500g de maçãs cortadas em 4 e depois em fatias finas
½ xícara de açúcar cristal misturada com 1 colher de chá de canela

Modo de Preparo:
Unte e polvilhe uma forma para bolo. Pré-aqueça o forno – 180oC.
Numa tigela peneire a farinha, o sal e o fermento e reserve.

Numa vasilha maior coloque o óleo, o açúcar, a baunilha e os ovos e bata por aproximadamente 3 minutos até que a mistura fique bem macia. 
Acrescente os ingredientes secos que foram misturados previamente (farinha, sal e fermento) alternando com o leite, batendo bem após cada adição. 
Numa vasilha menor coloque metade das maçãs e metade da mistura com açúcar e canela e mexa para "empanar" as maçãs. Coloque estas maçãs na massa. 
Derrame a massa na forma, e o restante das maças vão por cima, vá "enfiando" as maçãs pela massa. Pegue o restante da mistura de açúcar e canela e espalhe igualmente por cima do bolo. 
Asse por aproximadamente 60-70 minutos.
Retire o bolo do forno e deixe esfriar por aproximadamente 1 hora na forma. Só então desinforme.

Se você gostou desse post, por que não compartilha com seus amigos? Isso significaria muito para mim! Certifique-se também de se juntar à nossa comunidade e me seguir no Facebook ou Instagram para atualizações!
Leia Mais

09/05/2024

Molho Bolonhesa com Vegetais
9.5.240 Comentários
Cheio de vegetais, mas com cara de original, esse molho bolonhesa é excelente para quem tem crianças (ou adultos) seletivos para comer. Fica delicioso!
Tradicionalmente, usa-se carne moída, mas nesta receita decidi adotar uma mistura da carne e vegetais.
bolonhesa

Bolonhesa com Vegetais

2 colheres de chá de azeite
300g de carne moída
1 cebola grande, picada finamente
2 dentes de alho esmagados
1 cenoura grande ralada
1 abobrinha grande ralada
1 chuchu descascado ralado
1 talo de aipo picado
1 xícara de lentilhas cozidas

Modo de Preparo
Aqueça o azeite em uma panela grande em fogo médio-alto. 
Adicione a carne picada , a cebola e o alho. Refogue, mexendo com uma colher de pau para quebrar a carne picada, por 5 a 6 minutos ou até dourar. 
Adicione a cenoura, a abobrinha, o chuchu e o aipo. Cozinhe, mexendo, por cerca de 5  a 10 minutos ou até que os vegetais estejam bem macios. 
Adicione o tomate pelado. Reduza o fogo para médio-baixo. 
Cozinhe por 15 minutos, adicionando as lentilhas nos últimos 5 minutos de cozimento ou após o molho engrossar.

Se você gostou desse post, por que não compartilha com seus amigos? Isso significaria muito para mim! Certifique-se também de se juntar à nossa comunidade e me seguir no Facebook ou Instagram para atualizações!
Leia Mais

02/05/2024

Mitos sobre Alimentos Enlatados
2.5.240 Comentários
A Bonduelle - líder mundial em produtos de origem vegetal minimamente processados - esclarece os principais mitos que envolvem os alimentos enlatados.
Na mesma medida em que cresce o envolvimento do brasileiro no preparo das suas próprias refeições, tem aumentado a busca por conhecimentos sobre alimentação e a importância dos alimentos para a saúde.
Neste contexto, ter a informação correta é a principal arma para garantir o bem-estar dos consumidores.
mitos enlatados

Mitos sobre Alimentos Enlatados

MITO 1: Alimentos enlatados têm conservantes?
Não. As conservas têm este nome porque o processo de esterilização a que são sujeitas permite que os alimentos se mantenham conservados.
O processo de esterilização é uma etapa crucial dentro de uma indústria e é o que garante a qualidade e segurança aos produtos da Bonduelle - que não utiliza nenhum tipo de aditivo ou conservantes nos seus produtos.
Os alimentos enlatados são cozidos dentro das próprias embalagens hermeticamente fechadas e em altas temperaturas. Por essa razão, não há necessidade de adição de conservantes. O que garante mesmo a preservação dos alimentos é o aquecimento em altas temperaturas durante o processamento, a ausência de ar e a não incidência da luz.

MITO 2: Lata amassada
Provavelmente, já se ouviu falar que uma lata amassada pode comprometer a qualidade dos alimentos ou interferir na composição nutricional dos produtos. Mas, de acordo com informações da Abeaço (Associação Brasileira de Embalagem de Aço), estas afirmações não passam de mitos. Com a evolução da tecnologia para embalagens, a lata de aço se tornou mais resistente, prática e segura.
O sistema de abertura e fechamento facilita o envase e o armazenamento de alimentos após abertos, assim como a criação de uma película interna flexível que acompanha a deformação da embalagem e protege o seu conteúdo mesmo em caso de amassamento.
Além disso, as latas de aço possuem uma série de vantagens frente a outras embalagens de acondicionamento, por serem hermeticamente fechadas. Este formato não só impede o contato do alimento com a luz e o oxigênio, como preserva as qualidades nutricionais do produto por muito mais tempo.
Pensando em uma maior segurança, a Bonduelle orienta que seus consumidores evitem consumir alimentos cujas latas estejam danificadas ou amassadas.

MITO 3: Alimentos enlatados perdem seu valor nutricional
Os vegetais envasados em latas de aço podem compor uma alimentação saudável e têm valor nutricional próximo ao alimento in natura. Isso acontece porque os alimentos são colhidos no seu pico nutricional e a embalagem de aço bloqueia a incidência de luz e oxigênio, fatores que aceleram a degradação do alimento.
Portanto, a lata conserva o sabor e propriedades nutricionais dos alimentos por mais tempo. Além disso, seu processo de fabricação impede que os micro-organismos se desenvolvam e elimina em 99% os resíduos de pesticidas no interior da lata, segundo a Abeaço (Associação Brasileira de Embalagem de Aço).

MITO 4: Botulismo
Alimentos enlatados não causam botulismo. Na verdade, o botulismo nada tem a ver com a embalagem. A causa desse tipo de intoxicação está diretamente relacionada ao processamento do alimento por uma toxina produzida pela bactéria Clostridium botulinum, presente no solo em alimentos contaminados e mal conservados.

MITO 5: Sódio
O aumento da demanda por alimentos saudáveis é uma tendência mundial e o baixo teor de sódio é uma das características mais procuradas pelos consumidores. As empresas estão cada vez mais conscientes da necessidade de oferecer ao consumidor produtos que contribuam para uma alimentação saudável e equilibrada.
O sódio é um nutriente essencial para o organismo: regula a quantidade de líquidos que ficam dentro e fora das células e atua na condução de estímulos nervosos e na contração muscular. Porém, quando há excesso do nutriente no sangue pode ocorrer alteração no equilíbrio dos fluídos internos do corpo, sobrecarregando o coração e os rins, resultando em hipertensão e outras doenças.
Existe a crença de que os vegetais enlatados contém sódio em excesso. No entanto, a quantidade de sal é uma escolha de cada fabricante, e serve apenas para dar tempero ao alimento, não para conservar. 

A Bonduelle oferece produtos para cada necessidade dos consumidores: a linha TRADICIONAL, com vegetais que vão do campo à lata em até 8 horas e com a quantidade de tempero padrão. 
Também possui a linha SUAVE - Milho, Ervilha, Dueto, Seleta e Grão de Bico – com redução de 40% de sódio e apenas duas pitadas de sal, para realçar o sabor. 
E a linha AO NATURAL, que não contém nenhuma adição de sódio. Ou seja, apenas legumes e água, mais nada.

MITO 6: O T nas embalagens é bom
O símbolo T nas embalagens dos alimentos tem como objetivo informar ao consumidor que aquele produto é transgênico, ou seja, é modificado geneticamente com a alteração do código genético (DNA) e produzido em laboratório por meio de técnicas artificiais de engenharia genética.
Muito se discute sobre os impactos desses alimentos na saúde, mas, de fato, quais riscos eles podem causar? Já se sabe que os transgênicos podem causar alguns riscos à saúde humana, como o aumento das alergias. Outro perigo é o aumento da resistência aos antibióticos, o que é uma séria ameaça à saúde pública. Existe ainda, risco relacionado às toxinas presentes em genes de plantas e insetos, que podem aumentar desproporcionalmente com a inserção em alimentos. Há, ainda, os riscos à saúde e ao meio ambiente causados pelos agrotóxicos e a possível contaminação de plantações não transgênicas com genes modificados.
Deste modo, sempre que possível, é preferível optar por alimentos que não utilizem matéria-prima transgênica. A Bonduelle, por exemplo, não utiliza grãos transgênicos, tanto na linha nacional quanto na linha importada.

Mito 7: Legumes enlatados não são uma opção saudável
Os legumes enlatados podem ser bons companheiros da cozinha saudável e prática. As latas de aço vêm conquistando cada vez mais espaço no mercado global de alimentos, por iniciativas que asseguram as características próprias dos produtos para consumo, proporcionando praticidade, qualidade e segurança aos consumidores. Além disso, são uma ótima opção para evitar o desperdício de alimento e aumentar o consumo de vegetais no dia a dia.

Mito 8: As latas são inimigas do meio ambiente
Se por um lado há milhares de empresas investindo fortemente em inovação a fim de alcançar um futuro mais sustentável e com menos impactos ao meio ambiente, por outro é possível perceber o expressivo aumento no uso de materiais como o plástico, por exemplo, que pode levar até 400 anos para se decompor, prejudicando lençóis freáticos, mares e claro, a vida animal.
Segundo um levantamento do Credit Suisse, anualmente, são produzidas mais de 400 milhões de toneladas de plástico ao redor do mundo. O levantamento ainda diz que, a cada ano, mais de 350 milhões de toneladas de plástico viram resíduos.
Para mudar essa realidade, é necessário não só inovar, mas buscar por opções de materiais que una qualidade, segurança e sustentabilidade, e é nesse cenário que a lata de aço tem um papel bastante relevante. Sendo 100% reciclável, a lata descartada após o uso dos alimentos, pode retornar ao consumidor em forma de tesoura, maçaneta, automóvel, ou até mesmo uma nova lata, estimulando assim a economia circular, reduzindo a dependência de recursos virgens e minimizando o impacto ambiental associado à extração de matérias-primas.

Compre produtos Bonduelle 

Leia Mais

LinkWithin

Licença Creative Commons
Menu Criativo de Ana Paula Castelli está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional

Menu Criativo® é uma marca registrada por Ana Paula Castelli sob nº processo 906768420 no INPI.