Diet ou Light - Saiba a Diferença! - Menu Criativo

02/03/2016

Diet ou Light - Saiba a Diferença!

Para quem ainda não sabe, sou formada em química. E para ajudar ainda mais, trabalho em uma indústria farmacêutica de produtos naturais. Basicamente eu estudo a "química" dos alimentos a 10 anos.
Estou contando isso para que vocês entendam que o post de hoje é puramente técnico, vou explicar de uma vez por todas a tal diferença entre diet e light. 
Vou exemplificar o que é verdade ou mentira nesses 2 termos e então vocês tiram suas próprias conclusões. 

*DIET X LIGHT*


O que as pessoas entendem: 
Quando falamos em produtos diet ou light é importante mostrar como a maioria dos consumidores compreende o tema:
- Produtos diet são entendidos como alimentos que não contém açúcar, de baixa caloria, destinado a quem faz dieta para manter o peso. 
- Produtos light estão quase sempre associados ao baixo teor de gordura e combate ao colesterol. 

E qual a verdade nisso? 
A verdade é a seguinte:
- Diet é um termo usado como sinônimo de retirada de algum nutriente comparado com o alimento natural (açúcar, sódio, aminoácidos...) sem implicar, no entanto, na redução das calorias de um alimento. 
Então, por exemplo, um alimento pode ser diet e ter baixo teor de sódio. Esse alimento é indicado a hipertensos, mas não vai ajudar a emagrecer, visto que a quantidade calórica continua a mesma!
Quer outro exemplo? O chocolate diet tem praticamente as mesmas calorias que o chocolate normal, porém ele contém baixo teor de açúcar. é indicado as pessoas diabéticas, mas não vai te ajudar a emagrecer, e sabe porque? Porque no momento que você retira o açúcar do chocolate é necessário adicionar mais gordura para que a consistência fique parecida.
Obviamente que em alguns casos a retirada de um nutriente acaba por reduzir as calorias, mas é necessário analisar qual nutriente foi retirado.

- Light é um alimento que apresente redução mínima de 25% em algum nutriente ou nas calorias, se comparado ao alimento natural, mas para que ocorra a redução de calorias, é necessário retirar algum nutriente energético (carboidrato, gordura ou proteína). Mas também devemos tomar cuidado pelo seguinte: Em alguns casos, os produtores retiram gordura mas acrescentam sódio, e muitas vezes em uma quantidade exorbitante, o que deixaria o alimento não indicado para hipertensos, mesmo sendo light.

Observem esse exemplo de refrigerante. A primeira imagem é da versão light, a segunda imagem é do mesmo refrigerante na versão normal.